A fachada é o cartão de visita de nossa casa – ela evidencia a cara, o estilo do dono.

Utilizar diferentes materiais na fachada, valoriza as formas arquitetônicas e traz personalização ao projeto. Dentre os materiais mais usados para fachada, a pedra é a que possui maior possibilidades, permitindo criar diversos estilos de fachadas desde o mais rústico até o mais moderno! Quer conhecer 6 pedras decorativas para fachada? Continue lendo e confira!

De diferentes cores, tamanhos e tipos você pode usar as pedras para revestir apenas uma parte da fachada – como detalhe ou revestir a fachada toda. Além disso, pode usá-las em filetes, mosaicos ou irregulares.

Vantagens das pedras decorativas

Personalidade: Usar pedras no projeto arquitetônico é uma opção de personalizar a sua casa. Elas agregam informação de qualidade sem ocupar espaço, e há vários estilos para você adotar.

Valorização: Elas deixam as fachadas mais charmosas e a casa passa a ter um valor maior de mercado.

Custo-benefício: Apesar de representar um custo elevado na aquisição e instalação, depois de instaladas a necessidade de manutenção é muito baixa.

Variedade: A variedade disponível no mercado é muito grande, podendo-se encontrar o formato, cor e padrão que vai combinar com seu estilo e projeto.

  1. São Tomé

Os filetes de pedra São Tomé são também chamados de “canjiquinha” e já são bem conhecidos no mercado.

Utilizar a pedra em pontos distintos dá volume ao projeto e valoriza a fachada. A ideia de usar apenas em pequenas porções, utilizar cores claras e acabamentos retos demonstra um gosto mais clean e discreto.

pedra-sao-tomepedra-sao-tome

  1. Pedra ferro ou vulcânica

Para quem quer causar grande impacto na fachada, existe a pedra ferro. Ela tem esse nome devido ao processo de oxidação que sofre. Sua aparência assemelha-se ao ferro e pode lembrar um pouco madeira.

Se você usar pedra vulcânica na parte externa da sua casa, mescle com pintura de cor clara. Dessa forma, sua casa ficará sofisticada, com destaque na medida certa. Mas nada impede de mesclar com algumas paredes mais escuras, para dar maior harmonia ao conjunto.

pedra-ferro-2 pedra-ferro

  1. Pedra madeira

A pedra madeira tem este nome devido à sua pigmentação, que lembra a textura de algumas madeiras.

Essa é uma das mais belas e procuradas pedras para revestimentos de fachadas e muros. Muito utilizada nos tons amarelados, mas possui uma vasta gama de tonalidades como: vermelho, rosa, branco, verde, jacarandá, cinza, etc.

pedra-madeira

  1. Ardósia

Fachadas com ardósia em filetes geralmente são modernas e imponentes, devido a sua cor escura, que combina melhor com projetos ousados e contemporâneos. Mas, mesmo que sua casa não siga essa linha, você ainda pode usá-la para criar detalhes.

Para uma fachada mais rústica, você pode utilizar o revestimento de ardósia encontrado nas lojas de materiais de construção e de fácil aplicação, não necessitando acabamento final.

A ardósia é considerada uma pedra mole e pode ser encontrada nas cores cinza, rosa, preto e verde. Podem ser aplicadas em muros, pilares ou em detalhes elegantes na composição da casa.

 pedra-ardosiaardosia

ardosia-4

  1. Moledo

Indicada para muros e em projetos de paisagismo devido a sua aparência natural, que cria um ambiente acolhedor e campestre. Em fachadas deve ser usada em pequena proporção.

Essa pedra vai muito bem para a montagem de cascatas. Sua aparência rústica e porosa lhe confere naturalidade, simulando uma parede natural de rocha. A pedra moledo é encontrada na cor amarela e branca.

pedra moledo

  1. Mosaico de pedra portuguesa

As pedras de mosaico português podem ser repicadas ou não (divisão da pedra) e são aplicadas tanto em pisos como nas paredes. As pedras mais utilizadas são nas cores amarela (bege), vermelha (marrom), preta e branca. Outras cores menos utilizadas são o verde, areia, rosa.

mosaico-portugues

Fica lindo ou não fica usar pedras decorativas na fachada?   🙂

Na minha casa com certeza vou usar!!!

Arquiteta e Urbanista, catarinense, apaixonada pela profissão. Atua no mercado de arquitetura e interiores residenciais no extremo oeste de Santa Catarina.