Esquadrias são as janelas e portas de uma construção e são muito importantes para uma obra, tanto pela função e estética, quanto pelo custo, já que podem significar até 20% do valor total.

Escolher o material para construir as esquadrias do imóvel é uma tarefa de grande responsabilidade, pois de acordo com a opção desejada, haverão benefícios e/ou prejuízos à qualidade de vida das pessoas que irão desfrutar do lugar. Por isso, é importante observar algumas dicas sobre qual material escolher para as esquadrias.

Há diversos materiais disponíveis para esquadrias. Atualmente, os mais utilizados são PVC, alumínio, vidro temperado  e madeira.

Esquadrias de Madeira

Elas são bonitas e têm um efeito rústico e sofisticado, além de oferecerem conforto térmico e acústico. A grande vantagem ao optar pela madeira é a versatilidade apresentada por esse material. Geralmente as esquadrias de madeira são muito belas, porém, sensíveis. É possível montar várias esquadrias com diferentes tipos de madeira, além disso, esse material possibilita a montagem personalizada, pois sua característica principal é o fácil manuseio, adequando-se facilmente as medidas desejadas e ao gosto do proprietário.

O mais recomendado, antes de escolher a madeira ideal para sua esquadria, consulte um especialista sobre qual será a melhor opção dentre os diferentes tipos de madeira disponíveis no mercado. É importante ressaltar que por ser um material natural, a madeira está sujeita às alterações climáticas como a chuva e a umidade, e que podem danificar a esquadria tanto com rachaduras quanto com o apodrecimento de todo o material.

O custo é alto e, dependendo da madeira, ela pode empenar, causando problemas para abrir e fechar. Além disso, é um material que exige manutenção constante, pois e é suscetível à ação do tempo, da umidade, da seca e dos raios solares.

Esquadrias de Vidro temperado

As esquadrias de vidro são compostas apenas de vidro, geralmente temperados, com pequeninos perfis cantoneira de alumínio nas laterais. As esquadrias de vidro são popularmente conhecidos como “sistema blindex”, “vitrine de loja”, etc. A grande vantagem deste sistema é a transparência obtida.

Eles facilitam a integração com o exterior da construção, mesmo fechadas, já que não têm a interferência dos perfis. Isso é uma vantagem para salas, mas uma desvantagem em quartos, pois deixam o ambiente devassado, necessitando de cortina (os outros materiais permitem o uso de venezianas) Além disso, possuem limitações de formato e tamanho.

Em relação aos outros materiais citados, o custo do vidro temperado é mais baixo. Porém, ele é o oferece menos segurança contra arrombamentos, pois as ferragens são frágeis.

Esquadrias de Alumínio

As esquadrias de alumínio são as mais utilizadas atualmente. Isso porque o alumínio é um material durável, que exige pouca manutenção. São muito utilizadas nas cores branca, preta, bronze e amadeirado.

O alumínio é um material que oferece grandes vantagens na montagem da esquadria. O material é durável pois é extremamente resistente à corrosão. Embora ainda assim perca para o PVC no que refere-se à durabilidade. Além disso, há uma imensa variedade de acabamentos que podem ser utilizados com o alumínio como a anodização e a pintura eletrostática a pó, que permitem aumentar ainda mais sua resistência natural à corrosão tornando sua durabilidade ainda maior.

Outro aspecto positivo do alumínio é referente a questão acústica e térmica do ambiente. As janelas termo acústicas diminuem o barulho e auxiliam na temperatura do lugar. Logo, mediante esses benefícios, as esquadrias de alumínio são recomendadas para imóveis localizados perto da natureza, como casas de praia. Afinal, as questões naturais não irão interferir substancialmente na composição desse material.

Como desvantagens, as esquadrias de alumínio apresentam baixo isolamento térmico e acústico. Para resolver esse problema, são usados modelos com perfis maiores e vidro duplo ou triplo, o que aumenta bastante o custo.

Esquadrias de PVC

As esquadrias de PVC estão ganhando cada vez mais espaço nas construções. O PVC é um material de alta qualidade, durável, resistente e não exige pintura ou manutenção. Os perfis ainda são reforçados internamente com aço, aumentando a resistência à deformação.

O PVC é um material de grande aceitação no mercado, pois dentre suas principais características estão a maior qualidade de vedação, o incrível isolamento térmico e a flexibilidade de acabamento de acordo com a necessidade.

Embora seu custo seja mais elevado se comparado às esquadrias de madeira e de alumínio, a utilização de esquadrias de PVC é compensada pelo baixo custo de manutenção, pois o PVC é um material com grande durabilidade e resistência.

Alguns fabricantes apresentam uma boa cartela de cores, inclusive um muito semelhante à madeira. A grande desvantagem das esquadrias de PVC é o alto custo.

Esse artigo foi elaborado para auxiliar quem está construindo ou reformando. As informações foram retiradas de:

http://www.guiadaobra.net/esquadrias-qual-usar-623/

http://assimeugosto.com/arquitetura/tipos-de-esquadria/

Arquiteta e Urbanista, catarinense, apaixonada pela profissão. Atua no mercado de arquitetura e interiores residenciais no extremo oeste de Santa Catarina.